Reabertura dos parques de campismo a partir de 18 de maio.

Recebemos da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal, da qual a SPN é filiada, que os parques de campismo e caravanismo podem reabrir a partir de 18 de maio, cumprindo as orientações e regulamentações em vigor:

Comunicado do Conselho de Ministros de 15 de maio de 2020.

Parques de campismo e caravanismo, Áreas de Serviço de Autocaravanas e restauração dos alojamentos turísticos podem reabrir a partir de 18 de maio.

Em relação a desportos de montanha, seguem as recomendações:

Falecimento de António Cardoso

ANTÓNIO JOSÉ MONTEIRO CARDOSO, Sócio nº 29, nasceu em 2/12/1929 e desde muito jovem abraçou a causa do naturismo. Não há registos da data da sua filiação na Sociedade Portuguesa de Naturalogia. Sabe-se apenas que na década de 40 do passado século já exercia cargos diretivos na Sociedade.

Dedicou a sua vida a defender e praticar o vegetarianismo e a divulgar as leis da saúde natural. Prestigiou sempre a SPN através do seu exemplo de professor estudioso em várias áreas, partilhando generosamente os conhecimentos que foi adquirindo ao longo da vida.

Foi professor de mentalismo, numerologia, magnetismo, radiestesia e realismo fantástico, entre outras disciplinas que exerceu dentro e fora da instituição.

Organizou e coordenou durante várias décadas as célebres conferências dos sábados à tarde, convidando ilustres personalidades em todos os ramos do saber.

Foi Presidente da Assembleia Geral, presidente da Direção e exerceu variadíssimos cargos nos Corpos Gerentes da SPN.

Em 1912, ano do centenário da nossa instituição, publicou “A Sociedade Portuguesa de Naturalogia e o Naturismo em Portugal” que constitui um memorial único sobre a vida da Sociedade em tempos recuados, pormenorizando as suas dificuldades e vicissitudes, bem como os anseios e sonhos que nessas duras épocas se perfilavam.

António Cardoso é, sem dúvida, pelo prestígio que alcandorou, dentro e fora do País, uma referência perene da Sociedade Portuguesa de Naturalogia.

A Assembleia Geral da SPN, realizada em 11/03/2020, aprovou por unanimidade e aclamação a atribuição de Sócio Honorário a António José Monteiro Cardoso.

Sede encerrada/Atividades à distância

A sede encontra-se encerrada, devido à decretação do estado de emergência e como medida de contenção da propagação do vírus COVID-19.

 

Estão a ser disponibilizados aos sócios e convidados, atividades e serviços à distância, utilizando a plataforma Zoom.

 

  • Ementa semanal do refeitório! Aberto ao almoço de segunda a sexta-feira, das 12h30 às 15h

 

Almoço de natal/inverno

ALMOÇO DE NATAL/INVERNO
Sábado, 15/12/2018, às 13:30 h

Cumprindo a tradição, teremos mais uma sessão de gastronomia saudável e pedagógica que proporcionará agradáveis convívios.

Venha e traga familiares e amigos!

Todos serão bem-vindos!

Ementa:

Triângulos integrais com requeijão e sementinhas
Puré de cenouras, beldroegas e borragens
Esparguete integral com cogumelos “Pleurotus ostreatus”
Estufado de lentilhas com legumes
Abóbora assada
Saladas de alface, tomate, pepino e cenoura
Aletria dourada com canela
Bolo-rei à moda da Manela Boieiro
Água aromatizada com raminhos de menta
Suco de cenoura
“Chá” de erva-príncipe

Sorteios
Animação Musical

Sócios da SPN: 10€ – Não sócios: 12€
Inscrições:
telefone: 21 346 33 35
e-mail: – geral@spnaturalogia.pt
SPN: Rua João de Menezes, nº 1 (Metro: Alameda ou Areeiro)

Vida Sã

Boletim Vida Sã

“Vida Sã” é o boletim trimestral distribuído gratuitamente aos sócios (por correio eletrónico para quem possui email, em papel para os restantes), constituído por artigos sobre assuntos relacionados com a Naturalogia e o Naturismo, com sugestões e dicas naturais, notícias e divulgação de atividades promovidas pela SPN.

Para que todos possam ver essa vantagem que normalmente é disponibilizada exclusivamente aos sócios, disponibilizamos as últimas edições:

2017

Inverno

Outono

Verão

Primavera

2016

Inverno

Outono

Verão

Primavera

2015

Inverno

Outono 

 

edições mais antigas

Nº5 – 2009

 

Associe-se!

Naturismo

na·tu·ris·mo
(natura + -ismo)
substantivo masculino


1. Sistema ou teoria que atribuiu à natureza força terapêutica na cura de doenças.
2. Doutrina ou modo de vida que defende a harmonia com a natureza, nomeadamente na maneira de vestir, de comer, de tratar as doenças e de viver.

Fonte:”naturismo”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, http://www.priberam.pt/dlpo/naturismo


1. doutrina segundo a qual a religião teria origem na personificação e divinização das forças da natureza
2. culto religioso da natureza
3. teoria que preconiza um regime de vida próximo da natureza (ar livre, alimentos naturais, nudismo)
4. teoria que defende o tratamento de doenças através de meios naturais

Fonte:”naturismo” in Dicionário da Língua Portuguesa com Acordo Ortográfico, Porto Editora, http://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/naturismo


O naturismo (não confundir com naturalismo) é um conjunto de princípios éticos e comportamentais que preconizam um modo de vida baseado no retorno à natureza como a melhor maneira de viver e defendendo a vida ao ar livre, o consumo de alimentos naturais e a prática do nudismo, entre outras atitudes. A palavra naturismo provém do francês naturisme, que é a doutrina filosófica que se baseia num modo de vida em harmonia com a natureza, caracterizado pela prática do nudismo em grupo, que tem por intenção favorecer o autorrespeito, o respeito pelo outro e o cuidado com o meio ambiente.

Fonte: Wikipedia, https://pt.wikipedia.org/wiki/Naturismo


O Naturismo é uma forma de viver em harmonia com a Natureza caracterizada pela práctica da nudez social, com o propósito de favorecer a auto-estima, o respeito pelos outros e pelo meio ambiente.

Fonte: Federação Portuguesa de Naturismo, http://www.fpn.pt