top of page
  • Foto do escritorspnaturalogia

Aprenda a Conhecer-se ( 3ª parte), por Marta Maria Caires

Atualizado: 24 de mai.

Hoje, continuamos com « Aprenda a Conhecer-se», em substituição da palestra presencial da 1ª sexta-feira de cada mês na SPN.

Vamos aprofundar a importância do AGRADECIMENTO, da GRATIDÃO.

Agradecer é reconhecer a essência, o amor, a harmonia, o equilíbrio, o reconhecimento de algo que nos é dado, ou ofertado, ou posto à nossa disposição.

Agradecer é reconhecer a dádiva da vida, de todos os reinos deste planeta e do cosmos.

Agradecer é uma bênção, gere abundância e quanto mais e mais agradecermos mais riqueza preenche nossas vidas.

A maioria dos Seres Humanos têm por hábito, por educação, por sociedade, etc agradecer por algo que lhes foi feito ou oferecido, por outros Seres Humanos,o que é muito bom e agradável.

Agora, paremos para pensar um pouco. 

Sabemos que só se pode dar ou oferecer alguma coisa nossa, daquilo que temos; ninguém pode dar algo que não tem, que não conquistou, que não amealhou.

Neste caso, como podem dar um agradecimento perfeito, completo se, primeiro não o conquistaram, não se preencheram com esta energia de agradecimento, para convosco próprios.

Vamos criar a abundância desta energia de gratidão dentro de nós, agradecendo aos nossos corpos tridimensionais, ao nosso trabalho feito por nós, às nossas emoções, aos nossos pensamentos, à nossa essência, às nossas células, aos nossos órgãos, aos nossos membros sempre disponíveis, aos nossos sentidos, etc,  criando em nós uma fonte inesgotável de agradecimento que preenche nosso Ser e tudo o que nos rodeia.

O agradecimento tem tanto, tanto poder que esta energia permeia, transmuta, cura, ilumina nossas vidas e muito mais.  

Com tudo de bom e agradecimento eterno

Marta Maria Caires

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Resiliência

a nossa situação é a pior de todas, os nossos problemas são maiores do que os de toda a gente, tudo á nossa volta não funciona e a cor da nossa situação é negra, nunca ninguém nos poderá entender, por

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page